Postagens

acompanhe

Comentários

comente também

sábado, 7 de agosto de 2010

Musculação e à importância do arroz na dieta

Toda vez que se fala em dieta, logo vem à mente o emagrecimento. Normalmente, o carboidrato é dito o vilão do emagrecimento e o leigo, como primeira medida, tende a cortá-lo de seu dia-a-dia. Acontece que os carboidratos são nossa principal fonte energética e eliminá-los não pode ser assim a qualquer custo.

Antes de parar de comer carboidratos é preciso saber se esta medida é realmente necessária.

Mas hoje não quero falar de emagrecimento e sim do ganho de massa. O arroz é importante para quem quer ganhar massa? Qual escolher? Branco Tipo 1? Integral?

Vamos separar os dois mais comuns: o arroz tipo 1 e o integral. O Tipo 1, também conhecido como "Branco", antes de ser processado contém fibras e outros nutrientes nas camadas exteriores, mas estas são retiradas durante o processamento. A casca ou camada exterior é removida o que torna mais rápido cozinhar o arroz branco. As outras duas camadas de grãos contêm os ácidos graxos essenciais necessários para queimar calorias e proteger contra doenças cardíacas. Isso faz com que o arroz branco, quando convertido em glicose, entra na corrente sanguínea em um ritmo mais rápido, causando um aumento nos níveis de insulina que é um hormônio anabólico. Por esta razão, o arroz branco é muitas vezes o alimento de escolha dos bodybuilders como parte de uma refeição pós-treino. No entanto, o processo de moagem remove grande parte dos componentes do arroz branco. Não somente os ácidos graxos essenciais são destruídos, mas a fibra dietética, vitaminas B1, B3, B5, e também cerca de metade do manganês, fósforo e ferro.

Já o integral contém fibras. Ele também contém um maior valor nutricional e mineral, uma vez que preserva todas as vitaminas e proteínas do cereal quando cozido. Pode ainda ajudar na digestão de outros alimentos. O arroz integral se quebra em glicose de uma forma mais lenta, pois ele contém todos os seus elementos e provoca um menor choque para o sistema quando chega à corrente sanguínea. Isso cria um benefício à saúde, pois evita aumentos bruscos e repentinos de insulina, evitando assim o acumulo de gorduras localizadas.

Mas então, qual escolher? Aumentar o não os níveis de insulina na corrente sanguínea? Sabe-se que a insulina aumentada no pós-treino desempenha um papel benéfico a quem quer ganhar massa muscular, mas modular a velocidade com a qual esta insulina entra na corrente sanguínea é muito bom, pois evita excessos e possíveis acúmulos de gordura. 

Assim, se você gosta do gosto de qualquer um dos dois tipos de arroz é importante saber como vai incorporá-lo à sua dieta regular. Muitas pessoas não gostam de arroz integral, uma vez que este tem um gosto e textura mais fibrosos. No entanto, tanto o arroz integral quanto o branco são uma ótima fonte de carboidratos. Aqui está uma ideia, se você gosta do sabor de um, mas quer os benefícios do outro, tente misturar os dois juntos. Isto fará com que haja a liberação de insulina para a corrente sanguínea de uma forma nem tão rápida, nem tão lenta, permanecendo estável por mais tempo. Para aqueles de vocês que amam o arroz branco, mas não gosta do sabor do arroz integral, ou vice-versa, isto pode ser uma boa forma de introduzir sabor e benefício à sua dieta.

Até breve...

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More